Juiz realiza audiência de idoso com câncer que não conseguia ir ao fórum

Idoso não conseguia sair de casa por sentir muita dor. Segundo sua filha, em janeiro deste ano ele foi diagnosticado com câncer no rim e no fígado.

Juiz Joviano Carneiro Neto quebrou protocolos em nome do atendimento humanizado por parte da Justiça na última segunda-feira (12/8), em Trindade, região metropolitana de Goiânia.

José Antônio de Paula, 62 anos, não conseguia sair de casa por sentir muita dor. Segundo sua filha, Lorena Aparecida Vande de Paula, em janeiro deste ano ele foi diagnosticado com câncer no rim e no fígado e desde então não saiu mais de casa. “Ele foi piorando e não quis e nem conseguiu mais fazer nada”, contou. “Ele sempre foi muito trabalhador”, completou.

Por conta da dificuldade de José, o magistrado Joviano deixou o ar-condicionado do Fórum para conceder a audiência previdenciária do idoso na casa do mesmo.

Joviano Carneiro Neto gravou no celular a oitiva do requerente somente para confirmar a integralidade e autenticidade do depoimento. “Foi realizada a instrução, com tentativa de colheita de depoimento pessoal na residência do autor, em razão de sua atual condição de saúde que impossibilita deslocamento, sem sucesso, visto que o autor encontra-se com saúde bastante debilitada, acamado”, frisou.

Ao chegar no fórum, o magistrado ainda ouviu duas testemunhas para proferir a sentença. Ele julgou procedente o pedido do idoso e condenou o Instituto Nacional do Seguro Social (Inss) a conceder à parte o benefício da aposentadoria rural por idade, no valor de um salário mínimo.

43f940557175595f41283837da0fc799.png

Fonte: http://www.curtamais.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clique Aqui!
Inscreva-se aqui!
Inscreva-se para as Atividades Gratuitas!