Pesquisas sugerem que o café pode ser aliado da longevidade

Pesquisas sugerem que o café pode ser aliado da longevidade

Estudos mostram que o consumo moderado da bebida não é prejudicial à saúde

Dois estudos publicados recentemente na revista Annals of Internal Medicine deram aos amantes do café mais um argumento para continuar consumindo a bebida (moderadamente, diga-se): quem toma ao menos uma xícara de café por dia tem menos chance de sofrer mortes prematuras, em especial de doenças circulatórias e gastrointestinais. A informação é da rede de notícias Deutsche Welle Brasil.

O que dizem as pesquisas?

Estudo realizado pela Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (IARC), da Organização Mundial da Saúde (OMS), em parceria com o Imperial Collage, de Londres, acompanhou por 16 anos a vida de mais 500 mil pessoas com mais de 35 anos em dez países europeu. Os pesquisadores descobriram que quem bebia café todo dia estava associado a um risco menor de morte por qualquer causa.

A outra pesquisa, conduzida pela Southern California University, dos Estados Unidos, demonstrou que pessoas que bebem uma xícara de café por dia são 12% menos propensas a morrer de câncer, AVC, diabetes e doenças cardíacas, respiratórias ou de fígado. A porcentagem sobe para 18% para quem bebe duas ou três xícaras por dia.

Por que o café faz bem?

De acordo com a publicação, ainda não se sabe quais das muitas substâncias de sua composição fazem do café uma bebida saudável. Além da cafeína, estão presentes polifenóis e substâncias antioxidantes, benéficos ao organismo.

Os estudos também não dão aos cientistas a certeza de que o café terá o mesmo efeito em todos os organismos, mas sugerem que o consumo moderado não é prejudicial à saúde e que incorporá-lo à dieta pode trazer benefícios.

Fonte: https://www.vivaalongevidade.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clique Aqui!
Inscreva-se aqui!
Inscreva-se para as Atividades Gratuitas!