Ginástica cerebral: você já ouviu falar?

Mas você já ouviu falar em Ginástica Cerebral? Pois é, assim como o corpo, é possível estimular e exercitar o seu cérebro. Continue lendo e saiba como!

Aqui no blog do lar de idosos Residencial em Família você já viu muitos posts que falam sobre a importância de praticar exercícios, etc. Mas você já ouviu falar em Ginástica Cerebral? Pois é, assim como o corpo, é possível estimular e exercitar o seu cérebro. Continue lendo e saiba como!

O que é Ginástica Cerebral?

A Ginástica Cerebral é uma ferramenta que estimula os neurônios, trabalhando as mais diversas habilidades e estimulando as muitas áreas do cérebro. Seu objetivo vai desde o favorecimento da memorização, da criatividade até o estímulo de um melhor aprendizado.

Como acontece?

A tal ginástica pode ser feita por meio de jogos de tabuleiro, exercícios de raciocínio lógico e neuróbicos, dinâmicas, etc.

Quando o cérebro é estimulado, ele ativa novas conexões entre os neurônios aumentando ainda mais sua capacidade, melhorando a memória, a criatividade, a concentração e o raciocínio, além das habilidades socioemocionais (aquelas que definem o seu comportamento consigo mesmo e com as outras pessoas).Ao praticar esse tipo de exercício, o idoso tem mais facilidade nos estudos, na socialização com outras pessoas ao seu redor, seu raciocínio fica mais rápido, a qualidade de vida aumenta e muito mais!

Como praticar

Os exercícios são bem fáceis de se aplicar em nossas rotinas diárias. Os mais simples são:

  • Tentar aprender um novo idioma;
  • Tocar um instrumento que não conhecia;
  • Usar o mouse do computador com a mão inversa;
  • Tomar banho de olhos fechados ou no escuro;
  • Jogar xadrez;
  • Trocar o relógio do pulso que você costuma utilizar;
  • Desenhar de cabeça para baixo (a folha) e assim por diante.

São exemplos de neuróbicas que podem ser facilmente inseridas na rotina de casa ou no trabalho.

Um outro estímulo muito importante é variar as atividades. Experimente sempre coisas novas. Caso faça alguma atividade repetida, tente fazer de uma forma diferente da que está acostumado. Assim o seu cérebro não fica acomodado e você fica mais esperto.

Fonte: https://www.casaderepousoemfamilia.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Clique Aqui!
Inscreva-se aqui!
Inscreva-se para as Atividades Gratuitas!